“8 de 10 prostitutas estão sendo exploradas”, de Michaël Torfs

O original está aqui.

<< Aproximadamente 26.000 mulheres estão trabalhando na indústria do sexo da Bélgica. 80% delas estão sendo exploradas, diz a Unidade de Tráfico Humano da Polícia Federal. “A exploração sexual está crescendo. Traficantes de pessoas e cafetões estão trabalhando de formas mais sutis agora”, afirma o detetive Wim Bontinck.

A maioria das trabalhadoras do sexo [sic] estão em cidades grandes como Bruxelas, Antuérpia, Liège e Mons. Mesmo assim, uma rede [de prostituição] também está se desenvolvendo em áreas mais remotas, afirmam os detetives, onde redes menores podem ser encontradas empregando mulheres da Bulgária, Hungria, Romênia, Espanha, Portugal e Nigéria.

A prostituição, por si só, não é ilegal na Bélgica, mas torna-se um ato passível de punição quando está sendo organizada ou quando mulheres estão sendo exploradas. O que é, quase sempre, o caso, na realidade. 8 de 10 prostitutas (em média, 21.000) estão nessa situação. A fim de evitar acusações legais, cafetões e traficantes de pessoas estão encontrando novas maneiras de operar fora do radar.

“Estamos vendo muito mais prostituição privada. Quase sempre é camuflada. Há muito dinheiro envolvido e terceiros estão ávidos para ganhar dinheiro também”, conta o detetive Wim Bontinck.

A luta contra cafetões é dura, mas está na direção certa. “Tentamos atingí-los onde eles são mais vulneráveis: o lado financeiro das coisas. Nós os levamos a julgamento e tentamos confiscar todos os seus bens no seu país de origem”. >>

Anúncios
“8 de 10 prostitutas estão sendo exploradas”, de Michaël Torfs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s